Extensão

Projetos de extensão em andamento

2020

Intervenção neuropsicológica infantil: grupos de atendimento aos Transtornos do neurodesenvolvimento – ANO 2

A intervenção neuropsicológica pode ser implementada com fins de reabilitação ou habilitação, quando o foco do processo está na aquisição e desenvolvimento de habilidades que ainda não foram desenvolvidas ou que se encontram com um desempenho aquém do esperado frente às demandas do meio. Esse tipo de intervenção pode ser de grande utilidade em quadros como o dos Transtornos do Neurodesenvolvimento. Neste contexto, este projeto de extensão tem como objetivo implementar um programa de intervenção neuropsicológica em modalidade de grupo a crianças (entre 6 e 14 anos) com Transtornos do Neurodesenvolvimento, especificamente diagnóstico de Transtorno Específico de Aprendizagem (TA; especificamente Dislexia) e/ou Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). As crianças encaminhadas serão distribuídas em pequenos grupos (N máx = 5), conforme perfil de dificuldades. Três a 5 grupos serão atendidos ao longo do 1º semestre/2020 e o procedimento será repetido no 2º sem/2020. O procedimento contempla: 1) avaliação inicial (de novos participantes, ao início de cada semestre; pela própria equipe responsável por este projeto); 2) intervenção, em modalidade de grupo, ao longo de cada semestre de 2020 (ingressantes a cada semestre continuam no semestre seguinte), com encontros semanais com foco na estimulação de habilidades de consciência fonológica e funções executivas; e 3) avaliação final, visando verificação da efetividade da intervenção e devolutiva aos responsáveis (final de cada ano). Estima-se que o projeto possa beneficiar aproximadamente 12 a 20 crianças ao longo do ano de aplicação. Justifica-se face à carência de serviços de atendimento à população, gratuito e que preze pelo uso de intervenções pautadas em evidência. O impacto esperado é a melhora na funcionalidade, em termos de comportamento e desempenho escolar das crianças participantes.

Coordenadora – Profa Natália M. Dias

Participantes: Bruna Martins Ávila (bolsista), Eduarda Kammers Rita Momm de Lins (bolsista), Naomi Stange (voluntaria), Marcia Santos Sartori (fonoaudióloga, Mestre em cognição humana, voluntária); Manuella Caroline B. dos Santos (fonoaudióloga; Voluntária), Mariana Valença Marcondes (psicóloga; Voluntária)

________________________________

Aprendendo com os Heróis da Mente: promovendo as Funções Executivas e a Regulação Emocional com crianças no contexto clínico

 Descrição: Ainda são poucas as ações diretivas e sistematizadas para dar suporte aos profissionais e familiares para lidar com as dificuldades relacionadas as funções executivas (FE) tais como manipulação de informações mentais, habilidades de auto regulação emocional, mecanismos de controle da agressividade e impulsividade. Além disso, outras habilidades executivas como planejamento, organização, controle inibitório e resolução de problemas, têm sido enfatizadas por parte dos autores, sendo essenciais para o dia-a-dia da criança, e geralmente comprometidas com crianças com transtornos de aprendizado e do desenvolvimento, além de problemas de comportamento e de impulsividade. . O Programa Heróis da Mente (PHM) foi desenvolvido para estimular práticas para o desenvolvimento das FE e da autorregulação emocional no contexto escolar. No PHM, os professores possuem um papel fundamental como promotores das FE tendo demonstrado trazer benefícios sobre as FE de crianças que participaram do programa. O PHM envolve o ensino sistemático de estratégias de planejamento, organização, memória, controle inibitório, reconhecimento de emoções e autorregulação e foi adaptado para o contexto clínico para ser utilizados por psicólogos e profissionais que trabalhem com reabilitação cognitiva. A versão clínica do PHM dispõe de 4 módulos que foram distribuídos ao longo de 13 sessões (3 sessões por módulo e uma sessão de encerramento). O presente projeto de extensão terá como objetivo promover uma intervenção clínica para a estimulação das FE para crianças com dificuldades de aprendizado e/ou de comportamento entre 8 e 12 anos.

Coordenadora – Profa Chrissie F. Carvalho

Participantes: Jeniffer de Souza (bolsista), Song Jin Rodriguez de Souza (voluntário).

________________________________

Outras ações de extensão com participação do LANCE

  • LIGA ACADÊMICA DE PSICOLOGIA COGNITIVA (LIPSICOG)

Coordenadora: Profa Carolina Baptista Menezes (LPCOG)