Apresentação

O que é Neuropsicologia?

É uma ciência interdisciplinar, cujo surgimento foi grandemente influenciado pelo estudo de consequências comportamentais subsequentes a lesões neurológicas. Em linhas gerais, pode ser definida como a área que procura investigar as relações entre a atividade do sistema nervoso e o funcionamento psicológico, o que pode ocorrer em situações de desenvolvimento típico ou atípico, de disfunção ou de lesão neurológica, tendo como alvo processos cognitivos, emocionais e de personalidade.

E Neuropsicologia cognitiva?

Nas décadas de 1960 e 1970, sob influência da ‘revolução cognitiva’ na psicologia, surgiu uma vertente da neuropsicologia, denominada de Neuropsicologia Cognitiva. O objetivo desta nova ciência deslocou-se para o estudo do processamento da informação. Essa área colaborou grandemente ao desenvolvimento e testagem de modelos neuropsicológicos de processamento de informação. No Brasil, é uma área bem consolidada, com importantes grupos de pesquisa.

E o que é Neuropsicologia escolar?

Nas décadas de 1970 e 1980 houve um aumento do interesse em usar conceitos e práticas da neuropsicologia às questões que ocorriam em ambiente escolar. Tornaram-se mais comuns artigos que buscavam compreender o desenvolvimento cognitivo e acadêmico à luz do desenvolvimento neurológico, bem como surgiram propostas de intervenção que aplicavam os conceitos da neuropsicologia às ações escolares, por exemplo junto a estudantes com transtornos de aprendizagem. Esse foi o cenário para o surgimento da Neuropsicologia escolar no âmbito internacional.

No Brasil, o termo neuropsicologia escolar tem sido usado apenas mais recentemente, referindo-se à aplicação da neuropsicologia do desenvolvimento ao contexto escolar. Essa nova área tem diversas potencialidades, como: auxilio no diagnóstico de condições de saúde que podem comprometer a aprendizagem acadêmica; traçar o perfil cognitivo dos estudantes, mapeando forças e fraquezas em quadros específicos; avaliar características emocionais e motivacionais que podem influenciar a aprendizagem; e contribuir para a delimitação de estratégias educacionais adequadas.

A neuropsicologia escolar começa gradualmente a fortalecer-se também no Brasil. Porém, até 2019 não havia um laboratório específico de neuropsicologia escolar no país.

O LANCE – Laboratório de Neuropsicologia Cognitiva e Escolar


O LANCE é o pioneiro na área de neuropsicologia escolar em nosso país. Idealizado pela Professora Natália Martins Dias, ganhou força com a chegada da Professora Chrissie F. de Carvalho na UFSC e, em setembro de 2019, a partir da parceria das duas docentes, foi formalizado no Departamento de Psicologia.

 

* Características do nosso LAB:

Originalidade: Único LAB do Departamento de Psicologia que agrega alunos, docentes e colaboradores que se dediquem à Neuropsicologia;

Necessidade: Faz-se premente dar visibilidade à área, permitindo que alunos do curso de Psicologia e áreas afins possam ter acesso ao conhecimento em Neuropsicologia. Essa união de forças entre docentes e discentes poderá fortalecer pesquisa e extensão em Neuropsicologia dentro da UFSC;

Relevância: Contribuições da Neuropsicologia podem se estender a áreas da saúde e educação. Sua relevância se dá na medida em que é uma área de alta aplicabilidade, uma vez que permite a atuação direta com grupos clínicos e o desenvolvimento de intervenções precoce-preventivas de amplo alcance, com articulações possíveis até mesmo com políticas públicas.

Interdisciplinaridade: A neuropsicologia é interdisciplinar, desenvolvida a partir do conhecimento de várias áreas.